Uma hora eu aprendo

 

Mais uma vez eu me pego encarando a sua foto no facebook. Eu sei, eu sei, não deveria fazer isso. Passou. Acabou. Nós dois nunca mais. Mas eu juro que a minha ficha já caiu, já sim…Bem, tirando essas recaídas durante o dia, quando meu inconsciente teimoso deixa de me obedecer e pede por um momento com você. Eu já entendi há muito tempo que o nosso tempo acabou (se é que um dia começou) mas em alguns momentos minha personalidade ‘stalker’ grita e eu preciso ver seu sorriso de novo…mesmo que pela tela do computador. Mas fica tranquilo isso nunca mudaria nada do que você escolheu para gente, dois amigos que um dia se apaixonaram e hoje em dia são completos estranhos. Talvez seja melhor assim, nós sofremos menos fingindo que não nos conhecemos, fingindo que não passamos dias inteiros juntos, deitados no sofá comendo brigadeiro e vendo filme. Quem sabe assim eu esqueço das promessas que você me fez, que mesmo achando impossíveis  eu acreditava que com você tudo se realizaria. Espero que desse jeito, eu consiga esquecer pelo menos o endereço do seu facebook, para o meu inconsciente aprender, de uma vez por todas, que nós dois nunca mais.

Até a próxima, Carol

Anúncios

A felicidade sempre esteve aqui‏

Falaaaaaaa galera! Tudo bem com vocês?

Bem, vocês não me conhecem então deixa eu me apresentar…

Meu nome é Carol, tenho 18 anos e sou de SP. Fui convidada pela Flá para contribuir aqui no Blog Magia. Vou falar mais sobre comportamento, relacionamentos e séries! Siiim, nada a ver né?! Mas sempre que eu tiver algo interessante para postar estarei por aqui.

Vamos ao que interessa?! Meu primeiro texto (:

A Felicidade sempre esteve aqui

Você não sabia de todas as noites em claro que passei pensando em você, dos meus devaneios quando lembrava do seu sorriso ou de como eu ficava triste quando você ia embora.  Você nem imaginava que eu chorava todas as noite pedindo a Deus para te deixar do meu lado ou tudo que passava pela minha cabeça enquanto eu te admirava de longe. Você nunca leu todas as declarações que eu escrevi, nem o meu sorriso quando você contava uma piada boba. Você nunca ouviu as músicas que eu escutava imaginando nós dois ou percebeu a forma como eu falava o seu nome. Mas de todas as coisas que você não fez, a mais difícil de lidar foi a forma como você me amou. Você fingiu todos os seus sentimentos e me colocou como objeto do seu desejo.E quando se sentiu satisfeito, não pensou duas vezes antes de colocar outra em meu lugar…Mas o que você não sabia era o quanto sou forte e que a minha felicidade nunca foi você. Você pode dizer que me trocou por alguém melhor, mais nova e mais bonita, mas eu também encontrei alguém melhor… encontrei o melhor de mim mesma e hoje eu sei o que é felicidade e que ela sempre esteve dentro de mim. E você, o que faz agora?

Gostaram? Têm dicas ou sugestões? Comentem…

Beijo, Carol =)